LENAD

LENAD_2

 

O INPAD (Instituto Nacional de Políticas Públicas do Álcool e Outras Drogas) da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo); financiado pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) desenvolveu em 2006 a primeira coleta de dados do Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (LENAD). A segunda fase do levantamento foi realizada em 2012, repetindo a coleta de informações sobre o consumo de álcool e tabaco para permitir análises de tendências. Aperfeiçoamentos das técnicas de coleta de informações sobre substâncias ilícitas permitiu uma avaliação mais fidedigna sobre este tema. A segunda fase também contou com um estudo mais aprofundado sobre os fatores de risco e proteção para o desenvolvimento de transtornos relacionados ao uso de substâncias.

Ambos os levantamentos foram executados pela Ipsos Public Affairs e utilizaram a mesma metodologia, a amostragem probabilística, escolhendo aleatoriamente indivíduos com 14 anos ou mais de todo território brasileiro. Em 2006, 3007 entrevistas a domicílio foram realizadas, enquanto que, em 2012, um total de 4607 indivíduos de 14 anos de idade ou mais foram entrevistados em suas residências.

 A metodologia probabilística utilizada em ambos os estudos garante que as amostras representam toda a população brasileira. O desenho da pesquisa permite que se explore tendências no consumo de álcool e tabaco da população no período de 6 anos. Prevalências do consumo de substâncias ilícitas do país e das diferentes entre as regiões também estão sendo identificadas.

As análises exploratórias das prevalências de uso e perfil do usuário estão sendo realizadas no presente.

logo unifesp

 CNPq

fapesp_logo


'