Metodologia

 

LENAD_2

 

1. Especificação Técnica

a – Área da Pesquisa: todo o território nacional.

b – Universo da Pesquisa: população com 14 anos ou mais.

c- Estudo transversal repetido (2006/2012)

 

Screen shot 2013-04-01 at 02.32.37

2. Critérios de Amostragem

Foi utilizada uma amostra representativa da população brasileira, estratificada com alocação proporcional à população de cada estado (estrato). As regiões metropolitanas e as capitais de cada estado entram certamente (com probabilidade igual a 1) na amostra, com um número de entrevistas proporcional a suas respectivas populações. Dentro de cada estrato, nas regiões metropolitanas e nos demais municípios de cada estado, foram selecionadas amostras probabilísticas, de conglomerados em vários estágios:

  • No primeiro estágio, foram selecionados probabilisticamente os municípios que comporão a amostra pelo método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), sendo a população de cada município tomada como base para tal seleção. De acordo com o dimensionamento amostral definido nesta proposta, foram selecionados 149 municípios.
  • No segundo estágio, dentro dos municípios selecionados no primeiro estágio, foram selecionados probabilisticamente os setores censitários, onde as entrevistas foram realizadas, também pelo mesmo método (PPT), tomando o número de moradores de cada setor como base para tal seleção.
  • Quarteirões foram identificados e numerados para compor o setor sorteado e um deles foi selecionado aleatoriamente para o início do arrolamento do setor. O ponto inicial, no quarteirão, também foi selecionado aleatoriamente.
  • O primeiro domicílio a ser sorteado foi definido através de sorteio aleatório. Após o primeiro domicílio ter sido selecionado aleatoriamente, os demais domicílios foram sorteados através de saltos sistemáticos, de maneira a fechar o número de domicílios por setor.
  • O critério de definição do entrevistado foi ser o primeiro a fazer aniversário no domicílio. Foram realizadas no mínimo três visitas ao domicílio, em dias e horários diferentes, para a realização da entrevista.

 AMOSTRAGEM

3.     DIMENSIONAMENTO AMOSTRAL

Uma amostra de 4607 participantes foram entrevistados alcançando uma taxa de resposta total de 78% nacionalmente. O levantamento também contou com oversamples para adolescentes e para o estado de São Paulo, que tiveram taxas de resposta de 79% e 71% respectivamente)

Abaixo a distribuição da amostra por estado e as taxas de resposta para cada grupo.
Amostragem_LENAD2

4. COLETA DE DADOS

Fase 1- Treinamento e supervisão dos entrevistadores:     

  • Uma equipe de 100 entrevistadores profissionais da D’Fato foram treinados pela Ipsos e coordenação do LENAD.
  • Uma equipe permaneceu disponível para o atendimento de dúvidas dos entrevistadores durante toda a coleta.

Fase 2- Fiscalização:

  • Os questionários, em sua totalidade (100%), foram checados quanto à consistência e ao seu preenchimento.
  • 20% dos questionários executados por cada entrevistador foram fiscalizados para verificação de cuidado na aplicação do questionário e adequação do entrevistado às variáveis amostrais.

 5. ÉTICA

O levantamento foi aprovado pelo comitê de ética da UNIFESP (10-043802) e seguiu todas as requisições sugeridas. Um termo de consentimento[1] foi preenchido pelos participantes autorizando a utilização dos dados para a pesquisa e garantindo o sigilo da identidade dos participantes. Nas entrevistas com participantes com idade inferior a 16 anos foi solicitada autorização formal dos pais ou responsáveis, de acordo com exigências do Código de Ética da ANEP (Associação Nacional de Empresas de Pesquisa).